Exposição Raízes

 

"É aqui, na minha terra, em Portimão, que se afundam as minhas raízes. E tanto mais profundamente aqui se enterram porquanto grande parte da minha vida foi uma deambulação, quer por outros países, quer principalmente por outras regiões de Portugal, longe do Algarve, para fugir às perseguições da PIDE, a antiga polícia política, que aqui me conhecia.”

"Esta é uma das razões do título desta exposição. Voltar às minhas raízes foi o objetivo do meu regresso, há muitos anos; e dar este título à que será a minha última exposição, tem um significado profundo de amor e gratidão." - Margarida Tengarrinha

Num momento em que se celebra o 48º aniversário da Revolução dos Cravos, é na terra onde nasceu que a pintora portimonense pretende voltar às origens das suas raízes, apresentando como proposta visual o tema das árvores, num expressivo grafismo e intenso movimento de linhas e formas onde ramos, troncos e raízes, se encontram, entrelaçam e entreajudam.

(23 de abril a 10 de julho de 2022)


                                                                                                                                      logoCmp



@2018 - Sítio oficial do Museu de Portimão. Todos os direitos reservados.