Memórias da Ilha de Moçambique

 

Integrado na semana intercultural de Portimão, o dia 29 de maio, “Dia Municipal do Imigrante e da Diversidade Cultural”, visa sinalizar o empenho do Município em transformar Portimão numa sociedade intercultural, onde há um cruzamento de culturas que coexistem pacificamente e se respeitam mutuamente na diferença, e onde se pode aprender e enriquecer através do diálogo e da convivência com a diversidade.

Em 2021, celebramos essa data através da exposição “Memórias da Ilha de Moçambique, a partir de fotografias cedidas pelo seu autor Mário Horta, numa iniciativa conjunta entre o Município de Portimão, a Associação All-Mozambi, o Museu de Portimão, o Centro CLAIM Portimão- Centro Local de Apoio e Integração de Migrantes e o Grupo de Amigos do Museu de Portimão.

Inscrita como “Património Mundial da Humanidade” pela UNESCO em Dezembro de 1991, pela sua arquitectura única-uma fusão de influências árabes, portuguesas e indianas - a Ilha de Moçambique é um exemplo de um vibrante espaço intercultural ou, nas palavras do geógrafo Orlando Ribeiro, “um maravilhoso búzio onde ressoam todas as civilizações do Oceano Índico”.

(29 de maio a 29 de junho de 2021)


                                                                                                                                      logoCmp



@2018 - Sítio oficial do Museu de Portimão. Todos os direitos reservados.