As moedas vieram à superfície - Dois mil anos de história

 

Através de um módulo interativo, instalado no núcleo “RIO ARADE, UMA PORTA ENTRE O ATLÂNTICO E O MEDITERRRÂNEO” , da exposição principal do Museu de Portimão, dá-se a conhecer a importante coleção de moedas que vieram à superfície, provenientes das antigas dragagens do rio Arade e da ria de Alvor.

Neste núcleo, dedicado ao conjunto de 55 moedas que emergiram dos contextos subaquáticos, pretende-se que estas peças, pela sua reduzida dimensão e quantidade de informação que possuem, correspondam a um desafio expositivo mostradas de uma forma visualmente apelativa, inovadora e relevante, para a compreensão do seu potencial científico, histórico e arqueológico, bem como promover a interatividade dos nossos visitantes com a coleção.

A reduzida dimensão das moedas a exibir, as garantias de acessibilidade e a imensa informação que as mesmas possuem, representavam uma dificuldade técnica que a presente solução ultrapassa na totalidade, pois permite responder a esses problemas, assegurando a requalificação do núcleo expositivo, alterando a matriz de uma mais difícil e estática observação, para uma mais fácil e interativa perceção. A apresentação e disponibilização deste conjunto numismático, com esta tipologia constitui uma clara inovação, tratando-se da primeira exibição nos museus da região algarvia, de uma coleção numismática com recurso a esta tecnologia.

Neste contexto de pandemia que não aconselha o manuseamento e contacto direto dos visitantes com o ecrã, o módulo opera por enquanto em modo de projeção contínua e, quando as condições o permitirem, funcionará em toda a sua plenitude interativa com o público visitante.

Veja o vídeo da Rede Portuguesa de Museus - A reativação do PROMUSEUS no ano de 2019 - Área 8 - Transformação digital


                                                                                                                                      logoCmp



@2018 - Sítio oficial do Museu de Portimão. Todos os direitos reservados.