Viagem fotográfica pelos Aquedutos de Portugal Inicia ciclo das novas exposições no Museu de Portimão

1117x446px aqueduto da amoreira elvas 2

28 de janeiro – 17h00 – Museu de Portimão

No próximo dia 28 de janeiro, terá lugar, pelas 17h00, a inauguração da “Exposição "Aquedutos de Portugal: água e património", de Pedro Inácio, no Museu de Portimão.

As fotografias que integram a mostra resultam do levantamento fotográfico, iniciado em 2007, pelo museólogo Pedro Inácio. Trata-se de trabalho de investigação que culminou com a edição do livro "Património Cultural da Água-Roteiro de Aquedutos" editado, em 2021, pela Câmara Municipal de Mafra e apoiado, institucionalmente, pela Comissão Nacional da UNESCO e pelo Museu da Água da EPAL.

A maioria destes antigos sistemas de abastecimento de água gravítico remontam aos séculos XVI, XVII, XVIII e XIX. Entre os aquedutos selecionados, além do aqueduto de Conímbriga, construído durante o Império Romano, no século I d.C., podem-se observar algumas obras hidráulicas classificadas como Património Mundial (nomeadamente em Elvas, Évora, Mafra e Tomar).

Através das fotografias de Pedro Inácio, percorremos um dos mais relevantes testemunhos de nosso património histórico e cultural, sublinhando a importância destes antigos e milenares monumentos hidráulicos para a humanidade, ao longo dos tempos, num diálogo permanente entre água e património.

De referir que, os aquedutos constituem uma herança cultural importante, que testemunha o esforço e o engenho humano na construção de equipamentos para o abastecimento de água - elemento essencial à vida. A sua preservação e divulgação, permite não só a valorização de várias regiões do país nos seus aspetos paisagísticos, culturais e turísticos, como também presta uma homenagem ao esforço humano que se encontra traduzido em diferentes soluções encontradas para abastecer as populações de água.

Pedro Inácio nasceu em Lisboa e é licenciado em Ciências Históricas e tem o Curso de Mestrado em Museologia e Património. É Museólogo e Conservador do Museu da Água da EPAL. Tem diversos livros editados, resultantes do seu trabalho de investigação na área do Património Cultural da Água.

A mostra pode ser visitada até 26 de março próximo no seguinte horário: terça-feira das 14h30 às 18h00; de quarta-feira a domingo das 10h00 às 18h00.


                                                                                                                                      logoCmp



@2018 - Sítio oficial do Museu de Portimão. Todos os direitos reservados.